Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 2 de março de 2011

Deus pode me curar?

Hoje de manhã acordei meio atrasada, correndo, fui pro hosp. Como estou na Hematologia (que cuida das doenças do sangue), tem muitos casos de pacientes com câncer no sangue.
Eis que no meio da visita a Doutora passa por um paciente que tinha ido lá pra fazer só um exame. E logo se iniciou uma discussão entre eles, chega a assistente social gritando pelo corredor, e eu pensando "caraca véi, o que ta rolando?".
Não foi nada demais a cena. Não imaginem um barraco, por favor! Hahaha.
Fiquei sabendo que o rapaz tinha uma leucemia mielóide aguda (LMA), e deveria ser internado para o 4º ciclo de quimioterapia. Mas ele não estava ali para isso: desistiu da quimio e tinha ido fazer um hemograma para levar pra igreja dele e dar testemunho de que estava curado depois do pastor ter orado nele. =) Legal, né? ^^



Pois é, gente. Na hora eu fiquei meio sem ação. Sei lá, sabe. "Como o cara abandona o tratamento de um câncer porque acha que Deus o curou???" Véi, eu acho que é preciso muita fé pra isso. Na hora fiquei  curiosa pra saber mais da história dele. Esperei até o final da visita, lá pelas 10 da manhã pra poder conversar. E isso pedindo a Deus que ele não fosse embora, porque na minha mente, se ele fosse sem eu falar nada, sem eu ao menos tentar, aquele cara poderia ser condenado à morte.
Aew entrei em oração e fomos pra visita.
Quando terminou eis que o encontro sentado no corredor conversando com outro paciente, este internado. Juntei toda a minha coragem, falei pro Espírito Santo "cara, é Tu que convence, mas coloca na minha boca as palavras certas". Chamei ele num cantinho. Ficou relutante no início, mas viu que eu era "inofensiva" e foi lá conversar comigo.



Descobri que ele tinha LMA desde o ano passado, começou a quimioterapia em setembro, já tinha feito 3 sessões e se sentia novinho em folha. Mora lá no interior e há 2 meses se converteu em uma igreja evangélica, sendo que antes era católico, e segundo ele mesmo, a doença o motivou a buscar a Deus.  
Um dia o pastor estava pregando, falando sobre um jovem assim, coisa e tal, e o rapaz se identificou com a história. Foi lá em cima, emocionado, e o pastor, após ouvi-lo disse: "você está curado, pode parar de tomar os remédios e volte pra sua casa".

Velho... Após ouvir isso eu quase tive um treco. Mas quem sou eu pra julgar? 
O inexperiente acredita em qualquer coisa, mas o homem prudente vê bem onde pisa. Provérbios 14:15.
Todo homem prudente age com base no conhecimento, mas o tolo expõe a sua insensatez. Provérbios 13:16.
O prudente percebe o perigo e busca refúgio; o inexperiente segue adiante e sofre as conseqüências. Provérbios 22:3.

Cara! Salomão nos fala de prudência, de discernimento, de inteligência, de sensatez! Alguém me diz qual seria a atitude mais prudente desse rapaz? E desse pastor?

Há muitos médicos hoje em dia que seguem a Jesus, que são cristãos, que creem na cura através do poder e da vontade de Deus. Mas fazemos nosso dever. Deus nos deu inteligência pra estudar e entender as coisas que Ele fez. "Meu povo pereceu por falta de conhecimento!" Oséias 4:6. Lucas não foi um discípulo que andou com Jesus, mas foi o cara que escreveu o Evangelho considerado hoje o que tem o relato histórico mais fiel da Bíblia. E segundo Paulo, na carta que escreveu aos colossenses, Lucas era médico. Velho, eu acredito que se não precisassem de médicos, Paulo teria dito "Lucas, o ex-médico", ou "Lucas, o que era médico". E pense que naquele tempo os caras curavam "só de olhar". XD

Fiquei pensando nesse garoto até agora... Me fez refletir em mim mesma, no meu ministério, minha vida com Deus. Sou chamada a curar e levar o Evangelho. E estou "treinando meu dom de cura" todos os dias lá no hospital, em casa estudando... Falei muitas coisas praquele rapaz. A maioria eu nem lembro. XD Não tentei convencê-lo do seu tratamento. Falei pra ele da sua missão aqui, de levar o Evangelho, de ser mais do que vencedor. E ele sorriu pra mim. Sei lá se ele ficou feliz por eu ter ido conversar com ele de boa enquanto todos queriam convencê-lo e falar de remédios, etc, e eu queria falar de Jesus, de ele ajudar as outras pessoas. Vai saber...

Quando eu estava indo embora, parei pra conversar no corredor com a médica residente. Senti uma mão batendo no meu ombro, dando um leve aperto. Cara, na hora eu nem olhei quem tinha sido, mas eu senti no fundo do meu coração uma voz que dizia "Obrigado, você fez a sua parte". Chega me deu um arrepio! Quando virei pra trás pra ver quem tinha sido, vi o rapaz passando atrás de mim, com sua bolsa nas costas, caminhando de cabeça erguida.



Quem convence é o Espírito Santo. Na pior das hipóteses aquele rapaz vai dar um grande testemunho de vida, e mesmo que morra, eu consigo acreditar neste momento que ele é salvo. =) 
Será que importa tanto assim o resultado, ou a caminhada que fazemos até ele?
De qualquer forma hoje ele mudou um pouco a minha vida, pra melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário